Há quanto tempo não muda a sua escova?

Há quanto tempo não muda a sua escova?

As escovas de dentes podem ser meios de cultura de vários microorganismos como germes, fungos e bactérias e, por isso, devem ser substituídas a cada 3 meses ou sempre que as cerdas estiverem desgastadas, para garantir a máxima efetividade e ajudar a manter a cavidade oral limpa e saudável.

 

Está na hora de trocar a sua escova mas não sabe qual escolher? 

No momento de escolher uma escova deve ter atenção ao seu tamanho e à dureza das cerdas.

Idealmente a cabeça das escovas deve ser pequena, para facilitar a higienização dos dentes posteriores e as cerdas devem ser suficientemente suaves para permitir escovar todas as superfícies dentárias sem provocar desgaste dentário e sem lesar as gengivas.

 

Escova de dentes elétrica ou manual?

Existem 3 grupos de escovas: as escovas manuais e as escovas elétricas (recarregáveis e a pilhas), que são escovas com movimentos automáticos das cerdas.

  • Escovas manuais: são as escovas básicas, as mais comuns, que nao necessitam de fonte elétrica e são eficientes desde que sejam manuseadas corretamente
  • Escovas elétricas a pilhas: muito semelhantes às escovas manuais mas a eficácia da escovagem destas escovas é complementada com a capacidade de vibração
  • Escovas elétricas recarregáveis: com diferentes tecnologias que permitem movimentos vibratórios, rotatórios e oscilatórios, controlo de força, do tempo de escovagem, entre outros

 

A oferta é muito diversa e ninguém melhor do que o seu higienista oral ou médico dentista para esclarecer as suas dúvidas e o orientar na escolha da escova mais adequada para as suas necessidades.

 



Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá, podemos ajudar?